[ editar artigo]

PT quer refundar a república, mas esquece quem afundou a república

PT quer refundar a república, mas esquece quem afundou a república

O PT apresentou programa de governo radical que ataca exatamente aquilo que fez ele sucumbir. O Partido dos Trabalhadores demonstra como está longe de fazer a menor reflexão sobre o processo de desconstrução sofrido desde o impeachment de Dilma Rousseff e prega um radicalismo maior que o representante da ditadura militar. A ironia neste ponto é entender como ainda há pensadores que assinam o estatismo supremo perpetrado diante o plano do partido.

Envolto a uma série de bizarrices "nunca antes visto na história deste país", o PT faz absolutamente tudo que contraria o princípio democrático de direito, ou seja, obediência sobre o processo eleitoral.

Ao refundar a república, segundo o plano governamental proposto pela chapa encabeçada por... (bipbipbipbip), o Partidão (licença para associar este termo ao comunismo brasileiro de outrora), demonstra quem quer uma ditadura. Verbos comuns na redação ideologicamente radical: regular e garantir. O que significa isso? Termos bastante comuns em proposições didatórias que fundamentaram regimes políticos impositivos e pouco livres.

Memória curta faz o cidadão errar de novo?

Vou lhe contar uma coisa... Você sabia que a última presidente mulher conseguiu ser impichada diante um tradicional plano governamental do PT de 13 anos? Acredito que nada disse seja novidade para o cidadão. No entanto, devemos lembrar sempre que isso aconteceu, recentemente.


Neologismo - impichar: termo associado a palavra estrangeira impeachment. Já existe a aplicação deste termo abrasileirado em redações de artigos jornalísticos que abordam o cenário político. Este mesmo termo é um fenômeno morfológico da língua portuguesa que ocorreu em outros momentos como Googar, referente a dar um google ou buscar e pesquisar informações em sites de busca na internet.


O maior escândalo de corrupção da história da humanidade já conhecido é de responsabilidade do PT, afinal de contas, aparelhou o Estado e transformou as estatais em antros de corrupção e lavagem de dinheiro. Quem acusa a Lava Jato de interferir no universo político, esquece que isso é uma realidade indiscutível e reconhecida por outras instituições da justiça nacional e internacional, infelizmente.

Portanto, falar em refundar a república é apenas ignorar a autoria de quem afundou a república. Vale lembrar que este partido também é o mesmo que está tumultuando o processo eleitoral colocando o presidiário como candidato. Qual seria sua autoridade moral para vigorar uma proposta para reforma constituinte? Isso sem contar que a lei que impede Lula de se candidatar, ou seja, a lei da ficha limpa, foi sancionada por Lula, que ironia.

O PT finalmente deu as caras com documento radical

Há, portanto, um alerta bastante evidente diante um documento escrito que demonstra os valores atuais do PT. Além da construção do passado, o PT deixa de lado os interesses dos trabalhadores e assume seu lado ditador, mais ou menos o que se vê no regime político chinês. Para quem acha que a Venezuela é o modelo político deste grupo anárquico petista, a China é o modelo usado, porque é exatamente assim que o chinês entende como benefício, ou seja, o governo sabe o que é bom para o cidadão. Será?

Cuidado para não sofrer as consequências de um plano governamental ditador. Pelo menos desta vez, não podemos reclamar que o PT esteja armando uma arapuca. Como Arnaldo Cesar Coelho imortalizou, a regra é clara agora... O documento é claro!

E PT saudações.

Estado Cidadão
Rafael Cardoso
Rafael Cardoso Seguir

Um cidadão que deixou de ser passivo para trazer luz e ambiente à discussão social e político.

Ler conteúdo completo
Indicados para você