[ editar artigo]

Olavo de Carvalho contra-ataca

Olavo de Carvalho contra-ataca

Olavo de Carvalho, um dos autores mais cultuados do momento, ataca fervorosamente Janaína Paschoal e promove um linchamento contra a mulher que discursou de forma ingênua no jardim do Bolsonaro. Agora é entender como essa força filosófica vinda do exterior pode causar efeito na engenharia capaz de colocar o mito na disputa pela cadeira de presidente da república.

Se a política for cada vez mais pautada pela energia passional que Olavo de Carvalho promoveu no seu Facebook oficial, será difícil apaziguar um país tão dividido, desde as eleições de 2014. Assim como um império moral, Olavo de Carvalho parte para o contra-ataque, provavelmente, sentindo-se afetado pelas agulhadas que Janaína Paschoal promoveu na convenção do PSL que definiu Jair Bolsonaro o candidato oficial da chapa.


Leia também:

O PSL descobre quem é Janaína Paschoal


Janaína é hoje intitulada, segundo o filósofo, a Jumenta de Troia. Além disso, ela também é acusada por ele de ter entregue todo o capital político criado no impeachment de Dilma para o PSDB. Olavo também fez menção ao constrangimento que a doutora da USP comentou em entrevista à rádio Jovem Pan, demonstrando dificuldade de receber a comparação dela com o torturador militar de outrora.

Este episódio demonstra como fica cada vez mais difícil incorporar Janaína ao cenário político que envolve Bolsonaro. Provavelmente, ele será engolido pela bolha passional que promoveu este tempo todo. Bolsonaro corre o risco de se isolar de qualquer outra força política que não acompanhe o fervor que o herói agregou durante este tempo todo.

Mesmo sabendo que existem inúmeros eleitores que se comportam de forma bem mais branda, os inflamados de Bolsonaro espantarão cada vez mais pessoas que poderiam agregar força de atuação política até mesmo para o pleito de outubro. E o mito ficara mesmo limitado a páginas de história como uma lenda ou ideia que poderia ter acontecido, sempre associando Bolsonaro ao futuro do pretérito. Será esse o futuro de uma candidatura tão popular?

Quem é Olavo de Carvalho?

Este filósofo é conhecido pela massa que o segue hoje por conta de seu posicionamento claro contrapondo a ideologia empregada nos governos do PT. À medida que as notícias de corrupção eram atreladas aos principais nomes do governo, Olavo de Carvalho foi associando o emparelhamento ideológico que a dita esquerda promoveu nos meios de comunicação e cultura.

Olavo também editou livros bastante influentes e que se tornaram alicerce para os parâmetros que Bolsonaro prega. O discurso de Olavo de Carvalho, contraponto a esquerda, acabou sendo associado ao liberalismo, mas há também pontos peculiares que se diferem dos cânones autores tradicionais, o que não empobrece a contribuição dele com o exercício de reflexão política.

No entanto, Olavo de Carvalho sempre foi contundente em suas opiniões. E isso fez com que ele se tornasse um personagem bastante popular. O filósofo tem muita expressão nas vendas de livros hoje em dia e demonstra também estar atuante no cenário de debate político, mesmo morando nos Estados Unidos.

Resta saber agora se este posicionamento de Olavo de Carvalho não será confundido com Darth Vaider, quando só reconheceu o valor de seus ensinamentos distorcidos pelo lado negro da força. Quando ele percebeu que a corrupção de seu espírito jedi provocou o distanciamento de seus filhos, arrependeu-se e morreu amargurado.

Estado Cidadão
Rafael Cardoso
Rafael Cardoso Seguir

Um cidadão que deixou de ser passivo para trazer luz e ambiente à discussão social e político.

Ler conteúdo completo
Indicados para você