[ editar artigo]

Jurisprudência do STF cria perigo para a Lava-Jato

Jurisprudência do STF cria perigo para a Lava-Jato

O perigo para a Lava-Jato é iminente desde sua existência. Isso é uma constatação. Porém, hoje, a movimentação gerada pela representação jurídica de Eduardo Cunha gerou preocupação extrema na PGR (Procuradoria Geral da República).

Um grande sinal vermelho acendeu na cabeça de Raquel Dodge, a procuradora geral, cuja ação, imediatamente, foi criar uma tentativa jurídica para impedir a apreciação do instrumento jurídico que atende a jurisprudência aberta por Gilmar Mendes.

Na segunda passada, o ministro do STF, Gilmar Mendes, despachou um habeas corpus em favor da soltura de Beto Richa ante a prisão provisória que se tornou preventiva. No HC, Gilmar Mendes entende que a prisão não era cabível pela longevidade dos crimes cometidos pelo ex-governador do Paraná, e ainda afirmou que a prisão provisória poderia ser um mecanismo para atender as necessidades do judiciário local em realizar uma condução coersitiva, coisa que não pode mais acontecer por ordem do plenário do STF.

No entanto, ao despachar este HC, Gilmar Mendes abriu uma porta perigosíssima. Isso porque ela abre também jurisprudência para que os outros presos da Lava-Jato, em regime de prisão preventiva, tal como Eduardo Cunha, Geddel Vieira e tantos outros, sejam soltos. Eu fiz um papo com Ivomar Costa no broadcast do Estado Cidadão e está aqui. Assista:


Leia também:

• O pau comeu nos bastidores da prisão de Beto Richa

• Gilmar Mendes bate na mesa e manda soltar Beto Richa


O que você acha sobre as análises e associações que eu fiz? Pode comentar aqui e criar um debate construtivo para o amadurecimento da nossa cidadania e responsabilidade cívica.

Gosta de PODCAST? Este papo do broadcast Estado Cidadão também tem sua versão em PODCAST. Basta acessar o link e escutar a hora que quiser.

 

Estado Cidadão
Rafael Cardoso
Rafael Cardoso Seguir

Um cidadão que deixou de ser passivo para trazer luz e ambiente à discussão social e político.

Ler conteúdo completo
Indicados para você