[ editar artigo]

Ignorância sobre ensino à distância faz Haddad falar bobagens

Ignorância sobre ensino à distância faz Haddad falar bobagens

Ensino à distância seria mais próspero para o governo federal se não fosse a distância do pensamento disruptivo. Tal como Haddad insiste em pregar ante sua ignorância pelo que entende ser ensino à distância.

Fernando Haddad, insistentemente, falando que é um professor, demonstra sua ignorância sobre a linguagem que quebra paradigmas, qualifica as diferentes construções de conhecimento e unifica o ensino como grande ferramenta de aprendizado.

A ignorância de Haddad vai além da sua fala irresponsável no dia de hoje sobre a educação à distância vinculada ao ensino fundamental. Isso porque ele só enxerga o uso desta linguagem de forma didática em substituição das experiências presenciais, o que é absurdo. Ele ainda piora esta perspectiva quando argumenta que a criança não pode ser ensinada com as ferramentas de ensino à distância em caráter de seu desenvolvimento social. Afinal de contas, Haddad apenas repete a cantilena infantil que qualquer ignorante ao regime didático já profere em seu meio de convívio.

Quem é que disse que esse sistema de ensino tem o objetivo de substituir as experiências presenciais? Estas afirmações do candidato do PT nas eleições 2018 só reforçam o entendimento que ele não tem a menor noção sobre qual é a sua maior contribuição aos brasileiros. Sendo professor, deveria ser ele o primeiro a qualificar o ensino à distância.

Listo aqui uma série de dificuldades que podem trazer melhores condições de aprendizado, seja qual for o grau de ensino ou o conteúdo didático organizado, mesmo os conhecimentos técnicos.

1) Inserção aos mais excluídos

O ensino à distância traz as pessoas que não têm acesso natural a experiências presenciais de aprendizado. Estamos falando dos grupos sociais distanciados de estrutura social. O Brasil é imenso. Essa realidade é vivida por muitos povoados e a integração destes povoados por ligações virtuais seria a resolução de grande parte dos excluídos. Tal como o Fernando Haddad não sabe, há hoje tecnologia para até criar experiências reais de ensino por teleconferências, hang outs ou qualquer outro sistema que possa trazer o conhecimento por meio virtual.

2) Apoio a conteúdo que não faz parte da grade tradicional de ensino

O ensino à distância também pode ser um grande apoio e ferramenta de aprendizado trazendo conteúdos que sejam mais amplificados ante a diversidade e quantidade de possibilidades abertas sobre a produção de conteúdo audiovisual. As estratégias que convergirem em uníssono à construção de uma experiência didática, independente de sua área ou seu grau de ensino, serão oportunidades de qualificar ainda mais os cidadãos que emergirem ante este cenário.

3) Formação profissional de qualidade e otimização de tempo

A oportunidade que o ensino online traz diante a demanda de mão-de-obra especializada gera muito mais condições à inserção de trabalhadores antes excluídos e melhora ainda mais o capital humana para o parque industrial e comercial. Além disso, os especialistas podem ser formados em paralelo a experiências didáticas presenciais, ou seja, a solução para os cursos profissionalizantes serem realidade sem perder a força de conteúdo que determinados graus de ensino exigem em sua formação acadêmica.

4) Ensino Online é imensamente mais barato

Não há como comparar a diminuição de custos que o ensino online traz para o universo do aprendizado. Gera ainda mais impacto quando colocamos no papel as vantagens que o material em audiovisual diminui a depreciação de estrutura e logística necessária para manter rincões sem qualquer capacidade digna de manter um ambiente de ensino presencial. Com o universo online, os estudantes criam ainda mais oportunidades para ampliar sua capacidade de pesquisas e experiências sem destruir pelo uso estruturas físicas naturalmente desgastadas pela ação do tempo. Além disso, o campo de atuação é inesgotável, pois abrem inúmeras possibilidades para estratégias e dinâmicas muito além do processo tradicional de ensino.

5) Qualificação e atualização contínua para professores e profissionais do ensino

Outro ponto incrível é a relação multidisciplinar que esta linguagem pode proporcionar também para os agentes da educação. A linguagem online pode ser útil para qualificar ainda mais a competência dos professores. Diante desta perspectiva, os profissionais de ensino poderiam ser tão qualificados que seria grande avanço para o país. A valorização do profissional de educação deve ser feita também pelo investimento em capacitação intelectual e profissional. Isso faz parte também das estratégias de melhora do ambiente educacional no Brasil. Os professores precisam constantemente atualizar seus conhecimentos diante o avanço da sociedade e as mudanças de comportamentos capazes de influenciar as tendências socioeconômicas vigentes.

6) Diversidade de linguagens, dinâmicas e processos online

Um grande avanço diante o processo de educação de forma online é a quantidade de possibilidades que ela abre para a relação entre professor e aluno. Aulas em tempo real podem ser ministradas e criar a mesma interação que há diante os ambientes presenciais. Além disso, há também a capacidade de armazenamento e registro que aulas gravadas podem dar como caráter de pesquisa e experiência didática complementar. Pelo processo de ensino, o caráter à distância deixa de existir para criar um vínculo imediato tal como a experiência física. 

7) Vale uma ressalva para o medíocre que opina sem conhecer o universo do ensino online

Mesmo que haja grandes oportunidades para qualificar ainda mais o ensino praticado dentro do território brasileiro, salvas exceções, hoje aferido como um dos piores da América Latina e ainda pior diante o espectro mundial.

Por isso, quem estiver diante a versação deste conhecimento diante da linguagem online. Nem todos têm competências capazes de explorar os benefícios desta evolução social. A conexão pela nuvem será o caminho natural dos cidadãos, resta saber somente quanto tempo ainda será evitado este avanço em detrimento do indivíduo emburrecido pela burrice dos líderes, tal como Haddad.

Estado Cidadão
Rafael Cardoso
Rafael Cardoso Seguir

Um cidadão que deixou de ser passivo para trazer luz e ambiente à discussão social e político.

Ler conteúdo completo
Indicados para você