[ editar artigo]

Giro de Notícias: Aras na PGR e a morte de um dos 4 cavaleiros do apocalipse

Giro de Notícias: Aras na PGR e a morte de um dos 4 cavaleiros do apocalipse

Aras na PGR foi o papo do dia nos corredores do Senado. O candidato indicado do governo Bolsonaro à Procuradoria Geral da República, Augusto Aras, demonstrou habilidade política no papo com os senadores que teve compromisso.

🤨 Para os progressistas, Aras verbalizou um discurso simpático contra os avanços da Lava Jato. No entanto, para os conservadores, discurso simpático aos procuradores da força-tarefa de Curitiba que mudaram a história política do país.

👏 Destaque para o senador Jorge Kajuru que não aceitou receber o candidato Aras no escurinho do cinema, digo, do gabinete e preferiu provocar questionamentos no plenário.


A morte de um dos cavaleiros do apocalipse

🔪 A degola de Cintra da equipe de Paulo Guedes demonstra como o medo da volta da CPMF é bem valorizada pelo presidente Bolsonaro.

Sondas hospitalares à parte, BolsoNERO, opa, o mito pediu a cabeça do mensageiro para dar um recado à sociedade. - Não tem CPMF, “porra”! Por isso, Cintra, supostamente, deixa o comando da secretaria da Receita Federal.

Mas, Reinaldo Azevedo afirma que Cintra deixa o governo por dar suporte a posicionamentos políticos de Sérgio Moro, principalmente, por não divulgar o nome dos auditores responsáveis por investigar a vida financeira dos políticos.

⚰️ Lembra do COAF? Parece que só eu e você, porque a extinção deste órgão passou batido no apelo popular e todas as investigações relativas, certamente, baseado nos dados aos dados financeiros que fundamentavam suspeitas levantadas pelo falecido COAF, pereceram juntos com ele. Queirós, Flávio e Dias (aquele que é Toffoli) agradecem o sopro da dona Morte neste caso.

Agora nem adianta mais perguntar, cadê o Queirós?


Davi Miranda ganha bem, hein!

💰 O atual deputado federal, Davi Miranda, PSOL, precisa agora explicar milionárias movimentações bancárias de uma conta jurídica atribuída a empresa de turismo que tem com o maridão Glen Greenwald.

O jornalista é responsável pelos vazamentos da Vaza Jato diz que é o motivo dessas movimentações financeiras porque ele é autor de 4 livros, recebe dinheiro de seu trabalho no jornalismo e é sócio da empresa de Miranda.

🤭 A suspeita do Ministério Público é que essa movimentação financeira possa revelar condutas ilícitas praticadas no gabinete de Miranda, quando então vereador da cidade do Rio de Janeiro, inclusive; supostamente, praticando a “rachadinha”. Vixe! Que bafo! 

Estado Cidadão
Rafael Cardoso
Rafael Cardoso Seguir

Um cidadão que deixou de ser passivo para trazer luz e ambiente à discussão social e político.

Ler conteúdo completo
Indicados para você