[ editar artigo]

Corrupção e Segurança Pública são temas que sempre estão na boca do povo?

Corrupção e Segurança Pública são temas que sempre estão na boca do povo?

A corrupção e a segurança pública são temas tão populares, hoje em dia, que determinam os discursos dos políticos em campanha. Aqui, inclusive, destaco a falta de profundidade sobre as próprias propostas dos candidatos à presidência da república.

Nos dois últimos debates foram visíveis as saias justas enfrentadas pela maioria quando se tratava de uma provocação mais propositiva sobre as suas propostas. Ciro Gomes, desferindo números a esmo, tentou dar mais tecnicidade sobre suas palavras. O candidato do PDT até tentou degladiar com Alckmin sobre divergências econômicas para encontrar soluções viáveis para problemas complexos, tal como o endividamento crônico que o brasileiro enfrenta.

Como percebemos pelos argumentos dos candidatos nos debates televisionados, os temas corrupção e segurança pública são as preferências abordadas. Dentro deste espectro vem também a crise do Rio de Janeiro, a polêmica do Estatuto do Desarmamento, a aplicação de políticas públicas contra a corrupção, no entanto, sem proposições concretas por grande parte de todos. 

No broadcast de hoje, tivemos uma bancada bastante rica sobre estes temas. O delegado da política federal Wagner Mesquita de Oliveira, ex-secretário da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Paraná, demonstrou como sua visão técnica corrobora com a impressão do cidadão sobre o discurso raso dos candidatos para propor medidas concretas. Assista aqui ao broadcast Estado Cidadão:

Outro ponto interessante dentro do papo foram as curiosas informações que Wagner Mesquita dividiu com a gente sobre o berço da Lava-Jato e como isso influenciou a política no Brasil pelos idos da década passada, bem lá no início do século XXI.

Vale a pena conferir esse papo que traz também uma breve análise do delegado quanto à segurança pública vigente na cidade do Rio de Janeiro. Comente o que você entende por esses comentários da bancada no broadcast de hoje do Estado Cidadão.

Estado Cidadão
Rafael Cardoso
Rafael Cardoso Seguir

Um cidadão que deixou de ser passivo para trazer luz e ambiente à discussão social e político.

Ler conteúdo completo
Indicados para você